sexta-feira, junho 13, 2014

Keep It Simple, Make It Fast! Underground Music Scenes and DIY Cultures


Uma conferência internacional sobre o quê? Agora os punks já vão a congressos? A resposta é sim, e a Preguiça Magazine também vai.



Num acontecimento inédito em Portugal, a Keep It Simple, Make It Fast! Underground Music Scenes and DIY Cultures vai juntar em Julho, no Porto, a fina flor mundial dos senhores doutores versados em underground, para reflectir do ponto de vista das ciências sociais sobre todo este movimento.


A comunidade académica mais conservadora franze o sobrolho, as pessoas comentam que já não se fazem punks como antigamente, mas a verdade é que 40 anos depois do 25 de Abril ainda andamos a experimentar coisas pela primeira vez.

Numa altura em que se importa praticamente tudo, desde formatos televisivos a festivais de música, parece que a expressão “lá fora” voltou a fazer comichão. Pois que se cocem por aí. Alguém impingiu esta ideia de que éramos todos europeus por igual, mas esqueceram-se de enfrentar os problemas estruturais.

Ainda há uns meses, em Fevereiro, quando o vocalista da banda punk The Exploited, que actuava em Portugal, se sentiu mal em palco e teve de ser transportado de urgência para o hospital com problemas cardíacos, o tipo de comentários que circulou nas redes sociais denotava bem o quão velha é alguma juventude, com comentários mais a lembrar os de um certo ancião, porém, pouco dado à eloquência.


Conferência: Keep It Easy, Make It Fast!
  • 8 a 11 Julho
  • Porto
  • Casa da Música | FLUP – Faculdade de Letras da Universidade do Porto




  • Podem ler a notícia na íntegra, clicando aqui!


    Sem comentários: