sexta-feira, maio 25, 2018

Tó Trips (Lulu Blind) - entrevista sobre o novo concerto e reedição de "Dread".


É já no dia 31 de Maio que se vai poder assistir a um raro momento, trata-se da formação inicial (ou praticamente) dos Lulu Blind em pleno palco a interpretar alguns temas do seu disco de estreia, em jeito de comemoração da reedição desse álbum pela editora Rastilho, que vai decorrer no Sabotage, sala no Cais do Sodré em Lisboa.

O Billy News abordou o vocalista/guitarrista para lhe colocar algumas questões pertinentes, vejamos o que Tó Trips nos disse.





Billy - Um quarto de década passado sobre a edição de "Dread". Que memórias guardas desses tempos, desde a produção até ao lançamento do vosso primeiro trabalho?

Tó Trips - Guardo Boas memórias! 5 putos a partir a loiça toda nos ensaios na voz do Operário em volume arrasador, tempos do Johnny Guitar, noitadas, drogaria e rock n roll! bons tempos , não sou do tempo do volta atrás, mas foram uns belos tempos em que se fizeram muitos amigos nessa estrada, dois desses amigos já cá não estão, o Zé Vasco e o Zé Pedro, respectivamente técnico e produtor do nosso primeiro disco "Dread" que foi reeditado agora passados 25 anos! foi gravado em várias noites no Tcha Tcha Tcha e editado na altura pela El Tatu editora dos Xutos, que mais tarde nos ajudam na estrada, fizemos algumas das suas primeiras partes.

 





Billy - Os Lulu Blind tiveram um cunho muito pessoal e marcaram uma altura, na música portuguesa, juntamente com outras bandas, mais precisamente na música digamos, alternativa. Tiveram algumas alterações na formação, também na sonoridade da banda. O que motivou este ´regresso` com a formação? 

Tó Trips - os 5 originais eram: Jorge Nunes e vozes- Guitarra, Pedro Vargues- Baixo, Slams- Bateria, Carlos Luz- Guitarra, Tó Trips Voz e Guitarra. depois saiu o Luz, mais tarde sai o Jorge e no fim sai o Slams e entra o Samuel Palitos e o Ritchie na ultima formação só eu e o Pedro Vargues ficámos dos originais, a banda mudou muito o som no fim, o último álbum já era em português " Foge de Ti" enquanto os dois primeiros "Dread" e " Blast" são mais pesados e em inglês. O regresso deveu se à reedição passados 25 anos do "Dread" pela mão da Rastilho! que nos fez o convite de fazermos uma pequena apresentação na festa de lançamento do disco em Vinil no próximo dia 31 de maio no Sabotage!






Billy - A pergunta que se impõe (e que com certeza vai estar na boca de toda a gente, na noite de dia 31 de Maio no Sabotage em Lisboa) é se este regresso é apenas festivo e único, para a comemoração da reedição do álbum ou se realmente haverá alguma hipótese de ser um regresso à séria? 

Tó Trips - este vai ser um pequeno concerto de 7 temas do disco vai ser uma rapidinha sem futuro, aliás o que lá foi, foi... e foi muito fixe! "o Tempo não espera por Nós" como dizem os Mão Morta, e temos muitas coisas diferentes ainda por fazer, vamos aproveitar a vida como ela é! Vamos nos divertir e partir a loiça como há 25 anos atrás nessa noite que mais tarde vai pertencer ao nosso passado! "rock n roll can never die"




1 comentário:

Billy disse...

**************************

Evento:



31 Maio - 22 horas

LULU BLIND

festa dos 25 Anos de "Dread"

+ THE BROOMS + DJ Billy

Sabotage Rock Club
Rua de São Paulo, 16
Cais do Sodré - Lisboa




**************************