sábado, outubro 12, 2013

Fantasma Lusitano - interdição de música ao vivo (comunicado)



AVISO:
INTERDIÇÃO DE MÚSICA AO VIVO NA ASSOCIAÇÃO FANTASMA LUSITANO - MUITO IMPORTANTE, POR FAVOR PARTILHEM!





Vimos com muita pena informar os nossos associados que mais uma vez, a coberto de uma legalidade duvidosa, a CML agindo de uma forma prepotente dá nova machadada no Direito Associativo. 


Foi deixada na Associação por volta das 22h de quarta feira dia 09 de Outubro (bem fora da hora de expediente da Polícia Municipal), uma notificação por ruído que interdita as actuações ao vivo neste local. Ora bem, conhecendo os associados o sítio em questão assim como o facto de os concertos acabarem à meia noite tal medida parece estranha, exagerada e mesmo desmedida. Sendo que a Associação se situa no Bairro Alto sítio onde ao fim de semana (altura em que se realizam os concertos) o ruído dos bares e do movimento nocturno é muito superior a qualquer ruído por nós produzido, como os associados bem sabem, não deixamos de manifestar uma enorme estranheza. 


Tal comportamento da parte da Câmara não nos surpreende dado o historial de perseguição de que a Associação tem sido alvo. Primeiro, a entrada à força nas nossas instalações com agressões a membros da associação procedendo de seguida ao fecho coercivo das mesmas. Tendo por base um parecer dado por um acessor da Câmara Bruno Maia que não tendo sido lavrado em acta não tem fundamento legal mas que é utilizado para esta perseguição. 


Sendo que não se pode impugnar este acto por o mesmo não ter sido lavrado em acta, o que torna esta história um pouco Kafkiana visto que é em bom português "uma pescadinha de rabo na boca". 

Segundo, o constante assédio por parte da Polícia Municipal que com uso de uma força nunca inferior a 10 agentes que obviamente vêm mais para correr com os associados e provocar um grande aparato à nossa porta e na rua agindo como se de um antro de marginais se tratasse, desloca-se à Associação para verificar se o horário imposto até às 24h é cumprido. 

Terceiro, como tendo a Associação e os seus associados resistido estoicamente a este assédio foi urdido novo plano que passa pela recente notificação recebida na quarta feira. 

A Associação Fantasma Lusitano agradece a todos os associados e amigos nestas horas difíceis que têm com a sua presença apoiado este acto de resistência contra tamanha injustiça. 

A Associação tem pugnado desde a primeira hora por ser uma Associação que de facto tem programação cultural (e não venham dizer que o Rock não é cultura) com uma agenda constante de concertos, sessões de cinema, aulas de música para as crianças da Freguesia, cumpre escrupulosamente o seu papel ao contrário de outras que não querendo nomear tiveram os seus problemas rapidamente resolvidos. Tendo sido constantemente pedido a paridade no tratamento dado a todas as Associações.

Mantendo o espírito de resistência e querendo teimosamente manter a nossa programação e agenda cultural estamos à procura de soluções agradecendo desde já qualquer contribuição para esta causa, por parte de amigos e associados. 


Contamos com a vossa ajuda (contactem-nos através do nosso email: fantasmalusitano@gmail.com).
Pedimos desde já a compreensão de todos, sobretudo das bandas e lamentamos o transtorno causado. 

Vamos manter as portas abertas e provar que estamos aqui para ficar.

Associação Fantasma Lusitano.






Sem comentários: