segunda-feira, dezembro 12, 2016

Festa Das 47 Balas - agradecimento


Obrigado a todos os que apareceram ontem, foi uma tarde muito especial!




Ambiente calmo de início, com uma ´Billy session` em modo de aquecimento, mas com o pessoal com muito interesse para o que aí vinha.



Foi mesmo isso que aos primeiros acordes se ouviu, O Gajo ao vivo com a sua campaniça, para logo depois entrar num formato diferente, ainda contemplando o excelente baterista Rui Lucena (também ele, um ex-Corrosão Caótica), com vozes e efeitos, acabando no final com versões de Ramones, The Clash e até de Gazua, que meteu a malta a cantar!





E os Dalai Lume mostraram bem do que são feitos, o algodão não engana! Apesar de terem intensificado os ensaios, não fizeram por menos, uma hora de actuação non-stop, com o muito competente novo baixista Tiago Silva a mostrar que enche ainda mais o som da banda de Alvalade. Desfilaram muitos dos clássicos, que meteu a malta agitada.







Tudo terminou com o Johnny Punk a meter o pessoal a dançar (e outros apenas a ´buburricar` no balcão do bar, mas sempre em sintonia).

Quando se está rodeado de amigos, tudo corre sempre bem!

Um agradecimento especial também ao staff do bar Popular, com eles corre sempre tudo bem.

Foi assim, a Festa Das 47 balas... para o ano? Talvez haja das 48...


Sem comentários: