segunda-feira, março 21, 2016

"A História Do Punk ´Made In` Portugal" - reportagem na Blitz


O site da Blitz disponibilizou online uma reportagem publicada na revista em Dezembro de 2012, intitulada "A História Do Punk ´Made In` Portugal"...


Primeiro foi um disco pirata de António Sérgio. Vieram depois os Faíscas e os Aqui d’el Rock. Por cá, mas também lá fora, um jovem Zé Pedro tomava notas sobre aquela que viria a ser a influência primordial dos Xutos & Pontapés. Traçamos o percurso do punk português, passando pela “resistência” dos anos 80, com Mata Ratos, Crise Total e Ku de Judas, a “tradição coimbrã” dos anos 90, com os Tédio Boys (na foto), e a vaga hardcore dos X-Acto.


Curiosamente, este blog vem mencionado...

O homem do leme do orgão oficioso da cultura punk em Portugal, o blog billy-news.blogspot.com, começa por apontar a abertura de uma mítica sala dos anos 80 como um balão de oxigénio para a resistência punk em Portugal...


Podem ler a reportagem na íntegra, clicando aqui!

 

1 comentário:

Billy disse...

***

Primeiro foi um disco pirata de António Sérgio. Vieram depois os Faíscas e os Aqui d’el Rock. Por cá, mas também lá fora, um jovem Zé Pedro tomava notas sobre aquela que viria a ser a influência primordial dos Xutos & Pontapés. Traçamos o percurso do punk português, passando pela “resistência” dos anos 80, com Mata Ratos, Crise Total e Ku de Judas, a “tradição coimbrã” dos anos 90, com os Tédio Boys (na foto), e a vaga hardcore dos X-Acto.



***