domingo, maio 22, 2005

Benfica Campeão!!!

Sem espinhas!!!

O Sport lisboa e BENFICA é Campeão Nacional de Futebol 2004/2005!!!

A imagem “http://xafarica.weblog.com.pt/arquivo/benfica-5.jpg” contém erros e não pode ser exibida.

É a loucura nas ruas!!!

E nada melhor que comemorar, festejando com os Peste & Sida, no Estádio da Luz!

A partir das 23 horas, várias bandas portuguesas vão comemorar a vitória do glorioso, junto do reduto das águias.

Apareçam!!!

7 Comments:

Blogger Billy said...

BENFICA
A festa do título

Milhares de adeptos encheram a bancadas do Estádio da Luz para receber o Benfica, a equipa vencedora da Superliga de Futebol 2004/2005.

A festa começou na cidade do Porto, assim que árbitro apitou o final do jogo com o Boavista, e terminou no Estádio da Luz.

( 07:35 / 23 de Maio 05 )




A equipa do Benfica, chegou ao Estádio da Luz cerca das 4:00 desta segunda-feira, onde cerca de 55 mil adeptos aguardavam em vigília o regresso dos futebolistas do Porto onde, sete horas antes, conquistaram o titulo de campeão nacional de futebol, depois de 10 épocas "seco".

Os benfiquistas começaram a chegar ao estádio da Luz logo a seguir ao apito final do árbitro Pedro Henriques no Boavista-Benfica (1-1), pouco depois das 21:00 de domingo.

O trânsito na Segunda Circular começou a ficar congestionado cerca das 23:00, com milhares de carros estacionados na zona, inclusive na própria Segunda Circular.

O avião que trouxe a comitiva do Porto para Lisboa aterrou no aeroporto da Portela perto das 02:00 da manhã, onde era aguardado por algumas centenas de adeptos.

O trajecto entre o aeroporto e o estádio da Luz, em cima de um camião adaptado, fez-se com dificuldades, a velocidade reduzida, devido ao trânsito, com muitos adeptos a acompanhar o trajecto a pé em plena Segunda Circular.

O estádio, a festa ia sendo feita com a participação de vários grupos e artistas, entre eles a banda de hip-hop Da Weasel e os rockeiros UHF que interpretaram o seu "Sou Benfica", imediatamente antes de jogadores, técnicos e dirigentes tomarem o palco, logo depois das 04:00.

Ao som da canção "We are the champions", da banda inglesa Queen, os milhares de cachecóis encarnados apontaram o "Céu".

Depois de cerca de 55 mil vozes cantarem o Hino do Benfica, e após um desorientado voo da águia-mascote Vitória, foram chegando, um a um e alfabeticamente, "pelo campo, a vibrar", os "heróis" da temporada 2004/05, incluindo funcionários dos vários departamentos, e, por fim, os atletas.

Uma minoria dos adeptos invadiu pacificamente o relvado no momento alto da madrugada e estragou os festejos, mas os apelos do animador de serviço e restante público - que protestou com assobios e impropérios - resgatou o "altar" colocado no círculo central do relvado, mas já só restava menos de metade das pessoas nas bancadas.

11:35 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

O Luis Filipe Vieira tinha razão quando disse no início da época que o benfica ia prestar mais atenção à secretaria... e fizeram-no bem! Parabéns por isso. Pena é que a verdade desportiva tenha sido defraudada e adulterada. É só isso, e mai nada!!

1:39 da tarde  
Blogger Billy said...

Noto aí algum desapontamento nas suas palavras, sr. anónimo...

Relembro-lhe que em competição há sempre vencedores...e vencidos.

A festa continua!!!



"Ninguém pára o Benfica, ninguém pára o Benfica, ninguém pára o Benfica allez".

O cântico encarnado fez-se soar muitas horas antes do início da partida.

Milhares de benfiquistas acercaram-se do Estádio do Bessa para celebrar um título em que muitos acreditavam há muito.

Miúdos e graúdos, como em todas as festas, de cachecol ao pescoço, celebravam antecipadamente um título que estava apenas a 90 minutos de distância.

O grande momento da euforia encarnada começou cerca de duas horas antes do início da partida.

Os batedores da GNR e os dois helicópteros das televisões anunciavam aquilo que todos esperavam.

A chegada do plantel do Benfica ao estádio.

Se a euforia na rua era imensa, dentro do autocarro não era menor.

Os jogadores celebravam como se a partida tivesse já terminado.

Simão, de câmara de vídeo na mão, era o espelho da alegria.

Ricardo Rocha e Petit esbracejavam de alegria.

Muitos outros aproveitavam para tirar fotografias ao mar encarnado no acesso ao Bessa.

Por momentos, quase parecia que as estrelas eram os adeptos.

No interior do estádio eram já muitos os que iam ocupando o lugar na bancada.

O coração batia cada vez mais forte.

A emoção era cada vez maior. Nova explosão quando Quim e Moreira, primeiro, e restante equipa, depois, entravam no relvado para o aquecimento.

"Benfica, Benfica, Benfica", gritava-se.

Os minutos corriam rapidamente e eis que, de repente, Pedro Henriques apitava para o início do encontro.

Os cachecóis agitavam- -se no ar, acreditava-se no golo.

Que tardava em surgir.

O primeiro grande momento deu-se aos 15 minutos.

As bancadas rebentam numa festa imensa.

Supostamente tinha havido um golo da Académica no Dragão.

Pura ilusão.

O sonho do Benfica ganhava forma ao minuto 40.
Bola na marca de grande penalidade.

Simão toma balanço, parte para a bola… "Campeões, campeões, nós somos campeões".

Enquanto o capitão encarnado batia Khadim, nas bancadas era o delírio.

Mas, tal como ao longo do campeonato, o adepto teria de sofrer mais um bocado.

A dois minutos do intervalo, Éder subia mais alto entre os centrais do Benfica e empatava.

O intervalo chegava e nas bancadas havia quem, por momentos, duvidasse.

Numa segunda parte não atou nem desatou, a euforia haveria de chegar a poucos minutos do final do encontro.

Um golo do academista Joeano deixava as bancadas do Bessa em completo delírio.

Jogadores e adeptos já não queriam saber do resto da partida.

O que interessava era mesmo aquele apito final de Pedro Henriques.

"Campeões, campeões, campeões, campeões".

Onze anos depois a águia voltava a voar mais alto e as papoilas saltitavam euforicamente.

"SLB, SLB, SLB. Glorioso, SLB. Glorioso, SLB".

Gritava-se. A noite portuense ganhava contornos de vermelho.

A partir do Bessa, espalhando-se por todo o País.

Os seis milhões de adeptos, que um dia alguém "contou", podiam enfim festejar o título.

Onze anos depois.

Lisboa.

O verdete do Marquês ficou, ontem, em tons avermelhados, tamanha a mole humana que se "apossou" da estátua que é símbolo da capital.

No Estádio da Luz, na Expo, no Rossio, um pouco por toda a Lisboa, gritava-se "Portugal é Benfica!" Fazia-se a festa nas ruas, nas mesmas ruas onde Cesário Verde, invadido por um "desejo absurdo de sofrer", dizia existir "tal soturnidade, tal melancolia"...

Na Avenida da Liberdade, a Polícia decidiu impedir algumas caravanas de venderem bebidas alcoólicas e as tradicionais "sandochas", que isto nunca se sabe! Seja como for, ninguém estava propriamente preocupado em dar alimento ao estômago.

O jejum de 11 anos tinha acabado.

E, às vezes, há mesmo fomes que dão em fartura.

* Com Raquel Freitas

3:18 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

K chorrilho de disparates. Tanto latim gasto prá sarjeta. ABaixo os alienados do futebol! HxCx forever!
Não deves ter muito em que pensar...

11:49 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Já não bastava a comunicação social, os jornalistas, as televisões, os jornais, os comentadores, os chefes etc e tal, e ainda por cima agora são os... blogistas cibernéticos aos pulos por causa da equipa do PSD patrocinada pela Coca-Cola!
Ah! E têm um presidente honesto... só contaram prá você!

11:52 da tarde  
Blogger Billy said...

O Benfica é do povo, mesmo, não é de X ou Y ...

E realmente diverte alguns "blogistas" como lhe chamas, cibernéticos ou não.

Quanto a "Colas-Colas" e outras que tais, fazem parte de decisões que nunca me deixaram satisfeito, são assumidas por certas pessoas à frente do clube, que em nome do dinheiro, transformam o espectáculo do povo em caixa registadora...

Mas o Benfica é muito mais que isso...

Junta gente de todas as raças, países, idades, credos, níveis sociais, de ambos os sexos, até coloca a tua avó a falar disso, se calhar...

Tudo isto é raro de assistir, hoje em dia, vai daí a animação.

E podes ter a certeza que daqui a uns dias há mais...

Prepara-te!!!

E descontrai...

1:34 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

BEEEEEEEEEENNNNNNNFFFFFFFFFFIIIIIIIIIIIIIIIICCCCCCCAAAAAAAA!!!!!!!!

11:25 da manhã  

Publicar um comentário

<< Home